HOW TO SHOP

1 Login or create new account.
2 Review your order.
3 Payment & FREE shipment

If you still have problems, please let us know, by sending an email to support@website.com . Thank you!

SHOWROOM HOURS

Mon-Fri 9:00AM - 6:00AM
Sat - 9:00AM-5:00PM
Sundays by appointment only!

A FORMAÇÃO DA SBEMPB

A partir da  década  de 70 do século XX, começaram a surgir  em  nosso  país, grupos de professores de Matemática preocupados com as dificuldades de aprendizagem desta disciplina e com os rumos do seu ensino. Nesse período, as dificuldades de aprendizagem em matemática vinham sendo discutidas em vários países e se agravaram a partir de reformas curriculares realizadas e que estavam fundamentadas na proposta de ensino oriunda do Movimento da Matemática Moderna.

Na Paraíba, por exemplo, havia professores preocupados com o campo de trabalho para o Licenciado em Matemática uma vez que a função de professor era exercida, em grande maioria, por pessoas de outras áreas de conhecimento, como por exemplo, profissionais ou estudantes de engenharia. Por isso, em 1980, na cidade de Campina Grande, dois fatos marcaram o início da discussão sobre essas questões: o primeiro diz respeito ao Curso de Extensão em Educação Matemática para professores de Matemática do 1º Grau, oferecido pelo Departamento de Educação da UFPB, com 60 horas, no período de abril a junho, ministrado pelo professor José Urânio das Neves. O Curso contemplava estudos sobre Metodologia do ensino, avaliação e suas consequências, o livro didático, conteúdos fundamentais e proposta de conteúdo programático da disciplina Matemática no 1º Grau.

O segundo fato importante foi uma reunião com cerca de 30 professores licenciados em Matemática, sob a coordenação do professor José Urânio, para discutir aspectos do ensino de matemática no 1º e 2º Grau em Campina Grande, tais como: campo de trabalho do professor, conteúdo e carga horária semanal de aulas da disciplina nas escolas de 1º e 2º Graus e livro didático.

Figura 1: Registro dos eventos, publicados nas edições do Diário da Borborema de 23 de abril e de 07 de junho de 1980.

As muitas ações desenvolvidas por professores de Matemática preocupados com o ensino, não só na Paraíba, mas, em vários estados do Brasil, fundaram as bases para a criação, em 27 de janeiro de 1988, da Sociedade Brasileira de Educação Matemática, designada pela sigla SBEM. A SBEM se configura como uma entidade civil de caráter educacional, científico e cultural, sem fins lucrativos, de direito privado, de âmbito nacional e sem qualquer vinculação político-partidária ou religiosa.

A partir da criação da SBEM foram formadas diversas afiliadas estaduais, descritas como Diretorias Regionais. A Sociedade Brasileira de Educação Matemática - Regional Paraíba (SBEM-PB) foi uma das primeiras criadas e desde a última década do século passado congrega profissionais do ensino de matemática na Paraíba, estudantes dos cursos de formação de professores na área de Matemática e educadores de modo geral, que têm como preocupação maior a melhoria da aprendizagem de matemática.

DIRETORIA ATUAL DA SBEMPB

Diretor
Luís Havelange Soares / IFPB - Campus Campina Grande

Vice - Diretora
Maria Betânia Sabino Fernandes / UFPB - Campus II (Areia)

Primeiro Secretário
Cicero da Silva Pereira / IFPB - Campus Campina Grande

Segunda Secretária
Maria José Neves de Amorim Moura / Secretaria de Educação - PB

Primeiro Tesoureiro
Rômulo Alexandre Silva / IFPB - Campus Campina Grande

Segundo Tesoureiro
Nahum Isaque dos Santos Cavalcante / UFCG, Campus Sumé

Comissão Editorial
José Joelson Pimentel / UEPB - Campus IV (Monteiro)
José Lamartine da Costa Barbosa / UEPB - Campus I (Campina Grande)
Rogéria Gaudencio do Rêgo / UFPB - Campus I (João Pessoa)
Silvanio de Andrade / UEPB - Campus I (Campina Grande)

Mais informações sobre a SBEMPB acessse: www.sbempb.com.

TOP